domingo, 28 de fevereiro de 2016

A DOENÇA DO MOFO - COMO COMBATER


O mofo é um problema muito sério de saúde
Você pode não ser capaz de ver ou sentir o cheiro.
 
No entanto, esse fungo pode estar crescendo em sua casa e pode ser o motivo de você se sentir doente.
 
O envenenamento por mofo, em síntese, pode estar afetando sua saúde.
 
 
Este problema pode ser confundido com muitas outras condições e os sintomas são inespecíficos.
 
Mas o fato é que o mofo é um grande inimigo da saúde.
 
Mulheres grávidas, bebês e idosos estão entre os que mais sofrem com este tipo de problema.
 
Os esporos produzidos pelo mofo podem dar início ou agravar casos de asma, além de transmitir bactérias que podem causar infecções graves.
 
Com a umidade e o calor, é comum o aparecimento de mofo nas paredes da nossa casa.
 
Ele pode aparecer em qualquer canto úmido.
 
Mas o que é o mofo?
 
Trata-se de vários tipos de fungos que crescem em filamentos e se reproduzem através da formação de minúsculos esporos que brotam e voam, invisíveis aos olhos.
 
É um problema tão perigoso que pode até afetar o sistema nervoso central.
 
A consequência mais comum de um ambiente com mofo são sintomas, nas pessoas que frequentam o local, como irritação na garganta, na pele, tosse  olhos vermelhos e problemas respiratórios.
 
E existem mais problemas: as vítimas do mofo correm sério risco de adquirirem uma rinite ou sinusite crônicas.
 
Têm sido associadas ainda ao efeito do mofo hemorragias pulmonares, insuficiências do sistema imunológico, fadigas e dores de cabeça, variações de humor e câncer.
 
A "doença do mofo" faz parte da "síndrome do edifício doente" (SED), uma resposta inflamatória sistêmica adquirida após a exposição ao interior de um edifício contaminado com organismos toxigênicos, incluindo o mofo.
 
E seus principais sintomas são:
 
 
1. Problemas de memória, confusão mental, falta de foco
 
2. Fadiga, fraqueza, mal-estar pós-exercício
 
3. Cãibras, dor nas articulações, dores pelo corpo
 
4. Dormência e formigamento
 
5. Dor de cabeça
 
6. Sensibilidade à luz, olhos vermelhos, visão turva
 
7. Rinite, sinusite, tosse, asma
 
8. Tremores
 
9. Vertigem
 
10. Dor, náuseas, diarreia, alterações do apetite abdominais
 
11. Gosto metálico
 
12. Ganho de peso apesar do esforço para emagrecer
 
13. Suores noturnos ou outros problemas com a regulação da temperatura
 
14. Sede excessiva
 
15. Aumento do volume da urina
 
E o que fazer para combater este mal?

 
Fique atento a qualquer infiltração de água.
 
A umidade é o maior criadouro de mofos.
 
Casa bem arejada também é garantia contra o mofo.
 
Por isso é preciso evitar o acúmulo de objetos dentro de casa, assim como tapetes e cortinas.
 
Para remover o mofo dos azulejos do banheiro e cozinha, faça uma mistura de 100 mL de água sanitária diluída em um litro de água.
 
Com a ajuda de uma esponja, esfregue esta solução nos lugares com mofo e deixe agir por cinco minutos; depois, lave com água abundante.
 
Para remover o mofo do teto e das paredes, o ideal é procurar produtos no supermercado que são específicos para isso.
 
Eles têm um alto poder antimofo  e limpam totalmente o mofo das paredes e teto.
 
Antes de passar o produto,  limpe o teto ou paredes com a solução de água sanitária e água, retire todo o excesso de mofo e  aplique o produto antimofo no local, deixe agir por um dia e veja o resultado.
 
Para evitar o aparecimento de mofo nos armários e guarda-roupas, mantenha sempre uma limpeza constante com um pano úmido e um pouco de vinagre, deixe as portas abertas para secarem totalmente e continue o uso normal.
 
Existe também uma receita (mais natural) para acabar com o mofo usando óleo essencial de melaleuca.
 
Este óleo é bom para tratar problemas respiratórios, além de combater vírus e bactérias.
 
Não sabe onde encontra o óleo essencial de melaleuca?
 
Em boas lojas de produtos naturais.
 
Na internet, há lojas virtuais de aromaterapia que vendem o produto.
 
Vamos à receita, que é muito fácil.
 
INGREDIENTES
 
1 litro de água
 
5 colheres (de café) de óleo essencial de melaleuca
 
MODO DE PREPARO
 
Misture os ingredientes e coloque num borrifador.
 
Em seguida, aplique a mistura nos móveis, paredes, portas e janelas uma ou duas vezes por semana.
 
Nas superfícies de madeira, borrife num pano e depois passe esse pano na região mofada.
 
Nas paredes, depois de borrifá-las bem, esfregue com uma esponja de lavar pratos.

domingo, 21 de fevereiro de 2016

QUEIME A GORDURA DA BARRIGA

INTESTINO PREGUIÇOSO? QUEIME A GORDURA DA BARRIGA COM ESTA INCRÍVEL RECEITA


Você sabe o que é intestino preguiçoso?

Nada mais é do que a dificuldade de eliminar fezes.

A consequência é a inibição do processo de queimar gordura e remover as toxinas do corpo.

E pior: a indesejada "barriguinha".
Há uma poderosa bebida que ajudará você a resolver esse problema.

Além de tudo, trata-se de uma receita benéfica tanto para o fortalecimento dos cabelos quanto para o das unhas.

Você vai adorar os resultados.

É um procedimento prático e muito eficiente.

Antes, porém, conheça algumas consequências do intestino preguiçoso:

- Ansiedade, nervosismo e estresse

- Alterações comportamentais

- Irritabilidade

- Mudanças de humor

- Sensibilidade emocional

- Cansaço constante

- Dores de cabeça

- Palpitações

- Perda de memória
Se você está com gordura no abdome, tome algumas medidas para combater esse mal:

- Durma bem

- Caminhe regularmente

- Coma cinco ou seis pequenas refeições saudáveis por dia (com boa quantidade de fibras)

- Beba bastante água 

- Pratique exercícios

Agora vamos à receita:

INGREDIENTES

100 ml de água

6 ameixas

2 colheres (sopa) de farinha de aveia

1 colher (chá) de sementes de linhaça
1 colher (sopa) de cacau em pó

300 ml de kefir ou iogurte natural

MODO DE PREPARO

Coloque as ameixas na água para ferver e deixe descansar por 10 minutos.

Em uma tigela, acrescente a farinha de aveia, as sementes de linhaça e o cacau em pó.

Feito isso, adicione 300 ml de kefir ou iogurte e misture bem todos os ingredientes.

Consuma em jejum, todos os dias.
Fonte

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

REMÉDIO NATURAL PARA FLACIDEZ DAS PÁLPEBRAS - RESULTADOS EM POUCOS DIAS!




INGREDIENTES

1 clara de ovo

1 cotonete

MODO DE PREPARO

Retire toda a maquiagem dos olhos e lave o rosto.

Em seguida, quebre o ovo e separe a clara da gema - neste tratamento, você só vai precisar da clara.

Molhe o cotonete na clara.

Feche os olhos e aplique a clara do ovo em toda a pálpebra.

Mantenha os olhos fechados até a clara secar totalmente.

Os primeiros resultados deste tratamento aparecem rápido.

E você pode fazê-lo até três vezes por semana.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

4 truques SALVADORES para saber se sua legging está transparente antes de sai


Você se produz inteira, demora para escolher o visual completo, que deve harmonizar com aquela legging supersensual e justa. Decide por um top menos ousado e colado para equilibrar, e acerta no estilo dos calçados, para não contrastar com o tipo mais despojado da calça. Só que todo o empenho vai por água abaixo ao não perceber que sua legging fica transparente ou retrata demais seu corpo.

Macetes para legging não retratar

1. Perceba se o tamanho não é pequeno
Se a peça ficar pequena ou muito apertada no seu corpo, além de transparente, a calça vai marcar ainda mais suas curvas. A melhor opção é apostar em tecidos menos elásticos, estampados e principalmente no tamanho certo. O truque da estampa é muito útil, pois chama atenção, mas não evidencia tanto.

2. Averigue a qualidade do tecido
Preste atenção se o tecido não fica transparente quando esticado no corpo. Às vezes, a calça pode não demonstrar transparência, mas quando está no corpo esticada, acaba deixando a pele à mostra. Cuidado também com as peças que mais gosta e usa com frequencia, depois de um tempo de desgaste, podem ficar transparentes no corpo.
3. Bata uma foto com flash
Mesmo se certificando sobre a translucidez do tecido sobre a pele, caso vá usar sua legging com blusa curta, bata uma foto com flash com o quadril empinado. Assim, você se previne de eventuais surpresas visuais do contra-luz. Principalmente, durante o dia.
4. Escolha a calcinha certa
Outra dica fundamental é tomar cuidado com a cor da lingerie, já que algumas tonalidades também podem ser retratadas através da calça. Na dúvida, a melhor alternativa é optar pelo tom de pele, que não se destaca através do tecido.